Meu perfil
BRASIL, Nordeste, NATAL, Mulher
MSN - adeliadanielli@hotmail.com




Hist?rico:

- 01/12/2008 a 31/12/2008
- 01/11/2008 a 30/11/2008
- 01/10/2008 a 31/10/2008
- 01/09/2008 a 30/09/2008
- 01/08/2008 a 31/08/2008
- 01/06/2008 a 30/06/2008
- 01/04/2008 a 30/04/2008
- 01/03/2008 a 31/03/2008
- 01/02/2008 a 29/02/2008
- 01/01/2008 a 31/01/2008
- 01/12/2007 a 31/12/2007
- 01/11/2007 a 30/11/2007
- 01/10/2007 a 31/10/2007
- 01/09/2007 a 30/09/2007
- 01/08/2007 a 31/08/2007
- 01/07/2007 a 31/07/2007
- 01/06/2007 a 30/06/2007
- 01/05/2007 a 31/05/2007
- 01/04/2007 a 30/04/2007
- 01/03/2007 a 31/03/2007
- 01/12/2006 a 31/12/2006
- 01/10/2006 a 31/10/2006
- 01/08/2006 a 31/08/2006
- 01/06/2006 a 30/06/2006
- 01/05/2006 a 31/05/2006
- 01/04/2006 a 30/04/2006
- 01/01/2006 a 31/01/2006
- 01/11/2005 a 30/11/2005
- 01/10/2005 a 31/10/2005
- 01/09/2005 a 30/09/2005
- 01/08/2005 a 31/08/2005
- 01/06/2005 a 30/06/2005



Outros sites:

- Rango na Madrugada
- Substantivo Plural
- Mulher na Janela
- Girassol Noturno
- Nome do Poema
- Efemeramente Denise
- Tabernáculo
- Renato melo
- kaefe
- Simona Talma
- Bossa Velha
- Parte de Mim
- Renato (imagens)
- Silêncio da Boca
- Versos Delírios
- Lavra alma
- O Carapuceiro
- Chacal
- eraOdito
- Contos Interditos
- Balaio Porreta
- Paraíso Perdido
- Acontecimentos - Antônio Cícero
- Antônio Prata
- O que mais ninguém vê
- Potiguarando
- Vagabunda poesia
- Grupo Casarão de Poesia
- Cefas Carvalho
- Pablo Capistrano
- Helder Macedo
- TodosOsDiscosQueOuvi
- Casa das Musas
- Blog de 7 cabeças
- Traversuras
- E o que é poesia?
- Os Poetas Elétricos
- Menina Gauche
- Luiz Alberto Machado
- Meio Amargo



Indique esse Blog


Código html:
Cristiny On Line



Demorou mas bateu...

Bateu a vontade de escrever novamente. Apesar de amar escrever, as vezes sinto que a vida não deixa que a poesia entre e faça parte, ou acontece também da poesia ser tão constante que... o jeito é vive-la.
Queria escrever sobre várias coisas, nem sei na verdade por onde começar, são tantos sentimentos para por em palavras...
Hoje estou feliz, e tenho vários motivos para estar...
Estou apaixonada por uma pessoa muito especial, estou feliz ao lado dela, e é muito aquele lance " ...ela me faz tão  bem , ela me faz tão bem , que eu também quero fazer isso por ela..." E assim a gente segue vivendo coisas cada vez mais especiais.
Estou apaixonada por meus amigos, vivo rodeada de tanta gente que realmente amo, que as vezes fico sufocada de tanto amor no peito hehehehe. Sei lá acho que só o Vinícius de Moraes me entende, principalmente quando ele escreve: "...E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem noção de como me são necessários, de como são
indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida..." Assim eles são... alicerces... a vida sem amigos??? Inconcebível.
Estou cheia de amor... acho que vou sair gritando na rua...
Ou melhor... vou dizer as pessoas o quanto as amo...



- Postado por: Delinha ?s 22h10
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




Meu amor escreveu para mim hoje...

Amor, você sabe que estou te amando muito, e muito feliz.. obrigada tá?

DÉ,

 

Você é meu sorriso, minha felicidade;

   meu silêncio interiormente polifônico, o não sentido das explicações...

  minhas respirações que se mostram completamente alteradas (de diversa formas, desencontradas) com o seu olhar que me alucina e que me corta todas as falas...

Você é meu universo onírico.

 Minhas aliterações, metonímias, metáfora, pantomimas...

Meus signos, ícones e significados... minha semiótica da vida! Minha metafísica...

E meu estar na estação mesmo depois da passagem do trem.

É  pegar o ônibus errado...

É estar alienado por vontade!

 Você é tudo isso;  é meu céu é meu arado, minha lona... meu momento circo mas que nesse o palhaço não chora depois do espetáculo e se chorar é da mais pura felicidade.

Você é o leve, é o pisar das lavadeiras (pássaros) brancas na grama da esperança,

 minha aurora e seu orvalho, minhas redundâncias...

Meu folclore, minha cultura, meu maracatu, coco, reis, minha folia, minhas literaturas, meus cordéis...

Minha flor da janela, meu pote com água no canto da sala,

           minha Ave Maria, meu oratório que reluz a luz que peço pra ti e pra mim.

Minha anunciação de chover no meu sertão.

Meu cotidiano...pensamentos!

 Meu queijo de manteiga; minhas “simples” coisas significante,  minhas havaianas... Minhas músicas, meu café do vento, minhas intenções, meus pensamentos... família;

meu meio litro de leite com toddy depois de uma noite de conversas que não tem tempo pra parar...

O lugar que encontrei pra aquecer meu coração!

 Minha razão nesse mundo cartesiano que vivemos...

 Meus s olhos que refletem nos seus todos os sentimentos que o homem deu os seus nomes (exemplo: amor , paixão , desejos , felicidade, vida, paz...) e que ele justamente por ser humano nunca poderá explicar... EU QUE SOU VOCÊ,



- Postado por: Delinha ?s 00h33
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________